Careers / Success Stories / Os instrutores da Networking Academy aumentam as expectativas dos jovens no Brasil

Os instrutores da Networking Academy aumentam as expectativas dos jovens no Brasil

Mostrando todas as possibilidades e todos os locais para os quais uma carreira de TI pode levá-los.


Sérgio Bruno, instrutor, Aldeias Infantis SOS, Brasil

Sérgio Bruno cresceu no Aldeias Infantis SOS, um abrigo para crianças em risco, e tornou-se um instrutor do Cisco Networking Academy preparando jovens para fazerem parte de uma economia em expansão com habilidades técnicas essenciais e instrutores dedicados.

Como proporcionar habilidades de TI a crianças em situação de risco

Sérgio Bruno foi um dos primeiros instrutores recrutados e treinados quando o Aldeias Infantis SOS em São Paulo ingressou no programa Cisco Networking Academy. Ele cresceu no abrigo e aproveitou a chance de se tornar um instrutor.

O projeto Aldeias Infantis SOS foi criado para ser um modelo de vida familiar para crianças e fortalecer as comunidades das quais elas fazem parte. O centro comunitário das Aldeias é um local seguro para qualquer pessoa receber apoio e serviços. Esse era o lugar perfeito para oferecer o curso IT Essentials gratuitamente para os moradores e os jovens do local.

“O Networking Academy no Aldeias Infantis SOS deu aos jovens uma chance de conseguir seu primeiro emprego, ter uma pequena renda e continuar estudando e desenvolvendo suas carreiras“, disse Vanessa Tarantini, uma voluntária da ONU para o Cisco Networking Academy.

Os instrutores preparam os alunos para o sucesso

O programa da Cisco Networking Academy proporciona um modelo de trabalho aos alunos que engloba a experiência prática com tecnologia e as qualificações profissionais exigidas. Eles se tornam conscientes de todas as possibilidades. Sabem que uma carreira na área de TI pode levá-los a qualquer lugar e quais qualificações profissionais precisam desenvolver para chegar lá.

Edson Pereira Alves Reis se tornou instrutor da Cisco Networking Academy nas Aldeias porque queria ajudar os alunos a encontrar uma carreira. “Eles já têm algum nível de maturidade e preocupação com seu treinamento profissional“, afirmou Edson. “Alguns chegam sem nenhum conhecimento em TI e, no final do curso, já pensam em uma carreira no setor.“

Flavio Provedel foi professor por 7 anos antes de se tornar instrutor do Cisco Networking Academy. Quando 5 de seus 15 primeiros alunos conseguiram emprego antes do fim do curso, Flavio se convenceu do potencial do programa. Ele considera a academia o lugar perfeito para perceber o potencial dos jovens em um ambiente construtivo e de apoio.

“Esse projeto pode realmente mudar vidas“, disse ele. “Uma criança só precisa de sua força interior para estudar e ser bem-sucedida quando tem um caminho para trilhar. Nós ajudamos a associar o estudo ao sucesso. O Networking Academy mudou minha vida.“

Do IT Essentials a carreiras na área de TI

Mais de 129 jovens (de 14 a 21 anos) fizeram o curso no primeiro ano, o que criou uma comunidade de jovens talentosos. “É sempre gratificante saber que fiz parte do treinamento“, disse Edson. “Fazer a diferença na vida ou na carreira de alguém é sempre recompensador.“

Depois que Sérgio começou a dar aulas, ele percebeu que poderia aprender igualmente ou até mais ao lecionar. A grade curricular motivou seus alunos, da mesma maneira que o motivou. “O programa foi essencial para que eu conquistasse a posição que tenho hoje“, afirmou Sérgio, que se tornou analista de rede na Alpargatas, uma empresa fabricante de calçados e produtos têxteis. “Isso abriu novos horizontes no setor profissional, agora que percebo que não posso pensar pequeno, pois posso sonhar com coisas maiores, posso ter mais ambição.“

“A economia está crescendo muito rápido“, disse Flavio Provedel, gerente do programa da Cisco no Brasil. “O Brasil não precisa de mais engenheiros e médicos, o país precisa de técnicos capacitados. O setor de TI é uma boa opção de carreira e oferece uma oportunidade global.“